28.10.16

Cestinha de papelão

1477452925695.jpg


Que tal fazer uma cestinha, tipo de piquenique de papelão? A ideia é simples, mas dá um pouco de trabalho colar a lateral. Quer tentar? Tem foto do passo a passo! Vem ver!!!

Catarina ama bolsas e inventa mil coisas que precisa carregar. Ela já tem uma coleção significativa de bolsas, mas achei que uma cesta para colher algumas frutas seria bacana para a coleção. Além de ser uma ótima desculpa para fazer mais uma coisa de papelão.

Materiais:

– pedaço de papelão usado, um pouco mais maleável

– cola quente

– tesoura

– régua e caneta para marcar

– paciência e alguma habilidade para não queimar os dedos (eu queimei de leve).

Marquei o meio que virou a base e lateral da cesta. No meio deixei mais largo para virar o detalhe maior e cortei tiras de tipo 1,5 cm para cada lado. Fui juntando as tiras na parte do meio maior. E no final colei a alça. Essa parte de colar foi tensa e colei alguns dedos juntos. Mas até que deu certo. Então, cuidado com a cola quente, hein!! (Dica amiga de quem tá com os dedos semi queimados! ahahahhaha).

 

 

Achei fofo o resultado final. Mas não tem cara de produto pronto não. É papelão artesanal feito em casa legítimo!!! #piadinha

Catarina amou e isso que importa!
Agora vou pensar em alguma brincadeira para ela colher umas maçãs por aí…

Ah, e para quem quiser acompanhar mais a Catarina e ver sempre tudo que fazemos, é só acompanhar nosso Instagram (@catarinabrinca) e nossa página no Facebook (/brincacatarina). Segue lá! :)

Beijos, Carol

22.09.16

Brincadeira sensorial com os pés

Andando por texturas diferentes, Catarina brincou muito!

 Vejo muitas brincadeiras sensoriais para crianças sentirem usando as mãos, mas poucas estimulam os pés.  

 As crianças descobrem o mundo através das suas mãos e todas as sensações sensoriais que as ajudam a entenderem o mundo. Por isso, é importante fazer atividades sensoriais para os pequenos. Mas não podemos esquecer os pés e aumentar ainda mais a brincadeira e diversão!

 – Caminho sensorial

 caminhosensorial

 

 Separei quatro potes de plástico. Escolhi um tamanho que coubesse o pé da Catarina. 

 Coloquei um lixa (comprei em loja de material de artesanato), algodão, bexigas e espuma de barbear em cada um deles. No final deixei uma toalha para Catarina não sair andando e escorregar. 

 Essa brincadeira pode ser feita desde cedo, até com bebês, mas sempre com acompanhamento de um adulto. 

 Por aqui, o nojinho está  com muita força. Pode ser coisa da idade (2 anos e 3 meses), então, ela evitou pisar na espuma de barbear. 

 Vejam no vídeo que postei na página do instagram. Segue lá 😉

 

 – Caminho grudentobrincadeira-caminho-grudento

 

 Abri uma folha de papel contact com a cola para cima e grudei fita adesiva nas pontas. Para atrair Catarina, coloquei algumas moedas desse kit cofrinho que ela ama e sabia que iria ser uma tentação pegar. 

 Apesar da agonia da sensação de grudar o pé, ela venceu e pegou as moedas!

 Essa brincadeira dá para fazer até com bebês que engatinham. Eles vão adorar… ou vão ficar com agonia igual Catarina! hahahaha