28.11.17

Como fazer uma decoração de Natal para crianças

img_7059.jpg

Quem tem criança pequena em casa, sabe que uma árvore de Natal tradicional pode ser um desafio quase impossível de manter em pé. Então, separa a tesoura, o feltro e o papelão que vou mostrar algumas ideias de DIY, que deixam mães tranquilas e crianças felizes.

Com três Natais de experiência com minha filha, achei algumas soluções acessíveis para os pequenos. E linda para as famílias.

Ah, e antes da Catarina, tive 16 anos de experiência com gatos destruindo árvores de Natal! (Para quem não tem gatos e não tem ideia do que estou falando: clique aqui)

Algumas ideias simples e fofas!

Árvore de feltro

Árvore Natal Feltro Não precisa de prática nem experiência. Se tiver uma régua melhor, se não tiver, vale cortar sem medo. Se ficar torto, é só lembrar que os galhos das árvores têm movimento. ☺️

A grande vantagem dessa árvore de Natal é os pequenos poderem mexer o quanto quiserem. Não tem risco de machucar nem quebrar nada.

Árvore de feltro DIYFiz os enfeites, só bolinhas, com feltro de também. Numa loja grande, que tem em todo lugar, achei esses outros detalhes (Papai Noel, meia vermelha e boneco de neve) fofos e, como eram se feltro, também grudam direto no feltro da árvore!

Ah! Colei na parede com fita dupla face daquelas mais gordinhas. ALERTA! Ficou grudada na parede parte da fita até a pintura seguinte! 😮

A dica é testar uma fita dupla face que não grude tanto. Ou colar um pedaço pequeno e tirar pra conferir o estrago. E aí você decide se vale a pena procurar outra fita ou se vale arriscar. ☺️

Árvore de papelão

Com 2 anos e meio, Catarina amava (e ainda ama) pintar. Então decidi fazer uma árvore com ela e pra ela.

Medidas árvore de natal de papelão Comprei uma placa de papelão de um metro. Todas as caixas que achei pra reciclar eram menores.

Com ajuda de uma régua, marquei onde faria os cortes. Queria que ela ficasse bonitinha.

Depois de desenhar a árvore, chegou a hora de cortar! Usei estilete e quando terminei, já tinha 4 lados para árvore. As duas partes de fora, ficam semelhantes às de dentro.

Montagem do papelão Como as duas laterais soltas ficam um pouco menores, decidi colocar a árvore numa caixa pequena que tinha por aqui. Seria o tronco!Base árvore de papelão E aí chegou a hora de pintar! Catarina entrou em ação e teve liberdade pra pintar como quis. No final, cansou e pediu pra eu terminar.

Cortina de bolas

Cortina natalina com balões e fitas Essa ideia é um pouco decoração e muito diversão!

Peguei papel crepom nas cores natalinas (vermelho e verde) e uma fita bonitona de Natal. Pendurei num corredor com umas bolas (bexigas) e pronto!

Catarina fez o resto! Correu de um lado pro outro, pulou, tentou tirar fitas e bolas. Sucesso total. Até uns adultos eu vi se divertindo quando passaram pela cortina.

E, para esse ano, comecei umas ideias e volto pra postar quando ficarem prontas!

Quem quiser, pode acompanhar no nosso Instagram.

11.10.16

Quarto montessori do Vicente

quartomontessori

Esse quarto lindo é do Vicente, um amigo muito querido da Catarina. Nós conhecemos e já brincamos por lá. Como quarto montessori (ou montessoriano, como muitos chamam) sempre gera dúvidas, pedi para a Érika, mãe do Vicente, contar um pouco como montou o quarto.

quarto-montessori-vicente-3“Escolhi esse estilo de quarto por alguns motivos: praticidade, economia e autonomia. Percebi que muitas pessoas que compravam berço acabavam não usando. E acho importante estimular a autonomia e respeitar o bebê colocando os objetos baixos, ficando tudo ao seu alcance”, explicou a Érika.

O principal do quarto montessoriano é ser acessível para o bebê ou criança. E estar preparado para que seja explorado com segurança. “Coloquei um futon e tapete de EVA no chão, barra, espelho horizontal e uma estante de brinquedos que podia ser usada como trocador e depois poderia separar em dois módulos, virando uma mesa para ele”.

quarto-montessori-vicente“Não sei como teria sido o desenvolvimento do Vicente sem o quarto montessoriano, ele foi um dos primeiros do grupo de amigos da mesma idade a engatinhar e andar. Além disso, desenvolveu muito a independência e consegue mostrar com muita propriedade seus interesses. Desde cedo, ele escolhe o brinquedo e o livro que ele quer”, comenta.

 

Em vez de expor muitos brinquedos, Érika decidiu colocar apenas alguns à disposição do Vicente. Ela escolheu ainda um móbile de tecido e fotos para completar a decoração. Alguns objetos que não poderiam ficar ao alcance de um bebê ficaram protegidos em uma prateleira mais alta. “Meu cachorro sentiu muito o nascimento do Vicente e rosnava para ele. Então coloquei um portão de segurança na porta do quarto para evitar que meu cachorro entrasse durante a noite e acordasse ele”quarto-montessori-vicente-2

Para limpar o tapete, a dica é usar pano com álcool em dias alternados e retirar todas as placas do tapete uma vez por semana.

“Se fosse montar hoje um quarto de bebê montessori, iria optar pelo piso vinílico no lugar do tapete que usei. E mesmo se tiver outro, não terei berço. Talvez investisse numa boa poltrona de amamentação, não achei tão confortável amamentar no futon. Mas recomendo muito esse estilo de quarto e acredito que algumas pessoas, como minhas irmãs, por exemplo, façam a opção de não ter berço também”.

Agora, com Vicente com 2 anos e 4 meses, Érika começa a fazer algumas mudanças no quarto, como tirar a barra e separar a estante para virar uma mesa para ele usar.